tab-quem-somos-01_orig.png
tab-quem-somos-02_orig.png
tab-quem-somos-04_1_orig.png
tab-quem-somos-07_orig.png
8658164.jpg
555679.jpg
7548615-2.jpg

O que significa a Cruz para nós missionários?

A cruz do Missionário tem a sua origem na Cruz da Unidade do Movimento Apostólico de Schoenstatt, que representa Jesus Cristo crucificado com Nossa Senhora a seu lado no Calvário.Tendo a Missão País nascido através da inspiração deste Movimento mariano, a Cruz foi adoptada pelos primeiros Missionários e desde então passou a ser um forte símbolo de Missão e Evangelização.

​Para além do significado intimamente cristão da Cruz, a Cruz do Missionário também reflecte a entrega da Missão País à Mãe Santíssima, ela que foi a inspiradora destas Missões.

O facto da Cruz ser simples, pequena e de madeira reflecte também o despojamento que queremos fazer como Missionários. Queremos deixar para trás tudo o que nos prende, o que temos de valor, para através da simplicidade sermos portadores de Cristo Nosso Senhor, único e verdadeiro Salvador do mundo.
São João Paulo II quis confiar a cruz aos jovens, dizendo-lhes: “
Levai-a pelo mundo, como sinal do amor de Jesus pela humanidade e anunciai a todos que só em Cristo morto e ressuscitado há salvação e redenção”.

Mais recentemente, o Papa Francisco nas jornadas mundias da juventude no Brasil disse também aos jovens: “
o que foi que a Cruz deixou naqueles que a viram, naqueles que a tocaram? O que deixa em cada um de nós? Deixa um bem que ninguém mais pode nos dar: a certeza do amor inabalável de Deus por nós. Um amor tão grande que entra no nosso pecado e o perdoa, entra no nosso sofrimento e nos dá a força para poder levá-lo, entra também na morte para derrotá-la e nos salvar.”

Qual a importância da Cruz na Missão País?

Ao longo dos anos, a Cruz do Missionário tal como a conhecemos tem vindo a acompanhar a Missão País. É já uma década de história com milhares de jovens universitários a sairem à rua, com esta Cruz ao peito, para levar ao mundo a Boa Nova e fazer a experiência do Amor de Deus.

​A cruz tem para nós, cristãos e Missionários um significado muito especial.  “Se alguém quiser vir comigo, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me”  (Mt 16, 24). Jesus escolheu o caminho da Cruz para salvar a humanidade e manifestar o amor infinito da Santíssima Trindade pelos homens. A cruz, como lugar do sacrifício de Cristo, é o princípio da salvação dos homens.

A Cruz do Missionário está tão presente na Missão País que a própria é parte integrande do logótipo. A cruz é o elemento mais característica da Missão País. É o ponto central de toda a nossa Missão. Por isso, ao evocar em imagens aquilo que é a alma da Missão País, a Cruz do Missionário não poderia faltar, e não poderia deixar de ocupar um lugar central, tal como ela é central em toda a Missão.

Porquê andar com a Cruz ao peito?

Levamos a cruz ao peito justamente para nos lembrarmos e fazer lembrar a todas as pessoas que encontramos em missão que é na Cruz que está o amor infinito, a esperança e a salvação. Ao olharmos para a Cruz somos contagiados por este amor e ensina-nos assim a olhar sempre para o outro com misericórdia e amor, sobretudo quem sofre, quem tem necessidade de ajuda, quem espera uma palavra, um gesto. Ensina-nos a sair de nós mesmos para ir ao encontro destas pessoas e lhes estender a mão.Andar com a cruz à vista é um testemunho de Jesus Cristo que damos ao mundo. Andar com a cruz à vista permite que outros se interroguem sobre Deus. Permite afirmamos a nossa pertença a Cristo. Permite relembrar-nos da nossa missão como cristãos.

​O papa Francisco nas JMJ deixou-nos a pergunta: “
Queridos amigos, a Cruz de Cristo nos ensina a ser como o Cireneu, que ajuda Jesus levar aquele madeiro pesado, como Maria e as outras mulheres, que não tiveram medo de acompanhar Jesus até o final, com amor, com ternura. E tu como és?"

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn